08 maio Exportação de cosméticos brasileiros para o Oriente Médio cresce 19% em 2015.

Um aumento de 19% no comércio de produtos de beleza para o Oriente Médio e Norte da África foi o que registrou em 2015 o projeto setorial Beautycare Brazil, uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) para a promoção de artigos de HPPC do Brasil no exterior.

“As vendas das empresas do projeto aos países árabes vêm crescendo ano a ano”, diz Gueisa Silvério, gerente do programa. Elas registraram um total de US$ 4,4 milhões em 2014 e ultrapassaram os US$ 5,3 milhões no ano seguinte. Os principais destinos foram os EAU, Arábia Saudita e Egito, países que ocupam respectivamente o 35°, 16° e 47° lugares no ranking dos maiores consumidores de produtos de beleza do mundo.

Os artigos brasileiros para tratamento, tintura e transformação dos cabelos são os que mais atraem os consumidores da região. A empresária carioca Anna Zakhour confirma. Desde a década de 1990 vivendo no Líbano, ela abriu há cerca de oito anos um negócio de importação e exportação de cosméticos brasileiros e tem até 70% de suas vendas vindas de produtos para as madeixas, com destaque para a escova progressiva e o botox para os fios.

(Brazil Beauty News, 26/04/2016)